icone_pesquisa


 

ultimas_noticias

Em Breve...

Aqui você terá vez e voz, aguarde...

 
 


Voltar ao
Inicio do Site

InicioSite

Voltar ao
Inicio da Matéria

InicioSite

Ir para mais
Colunas

InicioSite

 
 

Fenelon Câmara: O Visionário que inundou o Sertão em Ondas Médias

foto_colunista

Foto:Ilustrativa

Terezinha Oliveira

Geógrafa e Economista

Especialista

Com o título “O Visionário que inundou o Sertão em Ondas Médias”, eis o artigo da presidente da Academia de Ciências, Letras e Artes de Quixeramobim (AQUILETRAS), Terezinha Oliveira, em homenagem a Fenelon Câmara, pioneiro da radiodifusão no Sertão Central. Confira:

FENELON AUGUSTO CÂMARA

O Visionário que inundou o Sertão em Ondas Médias
Patrono da Cadeira Nº 25 da AQUILETRAS

Era 14 de dezembro de 1917; nascia em Quixeramobim FENELON AUGUSTO CÂMARA, segundo filho do casal Maria Augusta e José Câmara, uma criança predestinada a se tornar um Nome e uma Voz marcante em sua Terra e na história das Comunicações de todo Sertão Central. Discorrer sobre ELE e sua trajetória é fácil; são muitos adjetivos, alguns substantivos e verbos que se aplicam a Ele e à sua obra.

Microfone, Alto Falante, Amplificador, Discos e Canções, Mensagens e Rádio têm forte vinculação com o legado transmitido pelo PIONEIRO da Radiodifusão no Sertão Central.

• Criado há 140 anos (1877), o Microfone é o instrumento básico na Comunicação, cujo desenvolvimento foi fundamental para o surgimento de outras invenções como o Telefone, o Rádio, a Televisão, as Gravadoras e todo universo da música.

• O Alto-Falante surge nas primeiras décadas de século XX e permite ampliar o som produzido pelos fonógrafos elétricos primitivos. A primeira transmissão radiofônica oficial no Brasil ocorre em 1922 e em Quixeramobim, no ano de 1946, Fenelon Augusto Câmara instala a Amplificadora “A VOZ DE CRISTAL”, o primeiro Serviço de Comunicação em todo Sertão Central.

• O Disco surge no final do século XIX permitindo o registro de áudios: música, discurso, efeitos sonoros; o de cera em 78rpm e depois em 1948 o Vinil (LP), mais durável e menor custo, com as versões 45 e 33 rpm. O acervo deixado por Fenelon Câmara em sua emissora é um dos maiores e de melhor qualidade existente no Ceará.

• O Rádio surge no final do sec. XIX. A Era do Rádio tem inicio em 1919. Em Quixeramobim, Fenelon realiza seu sonho: inicia o funcionamento, em caráter experimental em 1966, e definitivamente em fevereiro de 1968, da Rádio Difusora Cristal, sediada na “Cidade Coração do Ceará”

A palavra HARMONIA também envolveu Fenelon Câmara, pois nos remete ao seu bom gosto musical, com o rico acervo de discos em cera e vinil que amealhou. Mas é uma frase de Mahatma Gandhi que nos dá a mais aproximada definição aplicada à personalidade do Homenageado:

“HARMONIA É A COERÊNCIA ENTRE PENSAR, DIZER E FAZER”
Assim viveu o ex-servidor da Rede de Viação Cearense/RVC que deixou o emprego, ficou em sua Cidade e perseguiu seu sonho – levar pelas ondas do Rádio a informação e o entretenimento a todos sertanejos. Fenelon sempre conjugou os verbos Sonhar, Buscar, Perseverar e Realizar.

O pioneirismo é atributo dos audaciosos que vivem à frente de seu tempo, não se acomodando às tarefas corriqueiras.

Quixeramobim deve a esse filho ilustre, um dos serviços primordiais na sociedade: a Radiodifusão, com a instalação da primeira emissora de Rádio do Sertão Central Cearense. Empreendedor nato enfrentou e superou muitos obstáculos para alcançar seus intentos, uns de natureza técnica e financeira e outros por questões de política em época de Ditadura Militar e a imprensa sob censura

Em 1946 implantou o serviço de Alto-Falante “A VOZ DE CRISTAL”, através do qual levava informações e música aos moradores da Cidade. Pesquisador hábil procurava ouvir emissoras dos grandes centros e até do exterior para se manter atualizado com o que acontecia no mundo; culto e de bom gosto formou uma discografia com o melhor da música latina americana e seus comentários abalizados instruíram várias gerações. O “Boa Noite Cordial” e as “Mensagens Sonoras” fazem parte da memória afetiva dos que viveram na Cidade de Quixeramobim nas décadas de 40, 50 e 60.

Em 1966 se inicia o funcionamento experimental da Rádio Difusora Cristal para levar sua transmissão além dos limites da Cidade e do Município, como fora sonhado e concretizado por seu mentor. Fenelon nos legou não apenas uma emissora com um acervo de discos raros, mas o exemplo de persistência na luta por seus objetivos.

05 de Fevereiro de 1968, devidamente autorizada, a Difusora Cristal – a ZYH 641 – AM 1450 KHz, inicia sua atuação comercial. O Livro “História do Rádio no Sertão Central” registra esse fato e exalta o feito de um dos maiores empreendedores das comunicações do Ceará, na segunda metade do século XX – Fenelon Augusto Câmara.

Periodicamente a emissora obtém sua Renovação de Outorga, continuando em Ondas Médias, renunciando ao direito de ser
transformada em freqüência modulada. Os destaques da programação era a Agenda Policial, ainda no ar com o seu filho Getúlio Câmara.

O Cidadão Fenelon Augusto Câmara foi presidente da Câmara Municipal de Quixeramobim. Em reconhecimento aos seus méritos que engrandecem a história de Quixeramobim, foi eleito Patrono da Cadeira Nº 25 da Academia Quixeramobinense de Letras, Ciências e Artes.

TEREZINHA OLIVEIRA

Presidente da AQUILETRAS
Coordenadora do Projeto Resgatando a BOEMIDADE

Texto publicado no site Repórter Ceará


Quixeramobim, 14 de Dezembro - 2017
Redação


AVISO:Todo e qualquer comentário publicado na internet por meio do site O SERTÃO É NOTÍCIA não reflete, obrigatoriamente, a opinião do site. Os textos publicados são de exclusiva e total responsabilidade do leitor que a enviou. O site O SERTÃO É NOTÍCIA reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou, de alguma forma, prejudiciais a terceiros. Lembramos ainda a todos que forem utilizar deste espaço que poderá haver moderação dos comentários, visando garantir a privacidade das informações. Informamos também que todos os comentários ficam registrados através da numeração de IP. Por tanto, faça seu papel de cidadão de um país democrático e use esta ferramenta de forma correta.





voltarInicio
O Sertão é Notícia a 5 Anos levando a Notícia a todo o Sertão Cearense